Florista

3 de Agosto de 2018 | Perfis profissionais |

A profissão de florista é sobretudo uma profissão onde a criatividade tem lugar. Os floristasreparam sobretudo arranjos de flores, ou fazem arranjos para as zonas interiores e para as zonas exteriores, e zelam pela correta apresentação e conservação das plantas.

Em qualquer dos casos, os aspirantes a florista deveriam ter conhecimentos básicos de botânica, bem como um sentido especial para cores e formas, e encontrarem-se num bom estado de saúde. As alergias, como a febre dos fenos, seriam contraproducentes. Também deveriam possuir um certo gosto por estabelecer contactos, já que recebem os clientes e têm que os aconselhar de acordo com os seus desejos e ideias. A receção de mercadorias e o controlo de qualidade também são caraterísticas desta profissão.

Os floristasreparam sobretudo arranjos de flores, ou fazem arranjos para as zonas interiores e para as zonas exteriores, e zelam pela correta apresentação e conservação das plantas.

O pressuposto prévio para o acesso à profissão é possuir o DAP (diplôme d'aptitude professionnelle) (diploma de aptidão profissional) que é possível obter tendo sucesso no „9ième pratique“ (curso para jovens adultos com mais de 16 anos) e um parecer positivo por parte do conselho de turma. A formação necessária para se obter o DAP enquanto florista dura três anos e consiste numa formação prática efetuada numa empresa dedicada ao comércio de flores, e numa formação teórica numa escola tecnológica. Um lugar para fazer essa formação é, por exemplo, o „Lycée Technique Agricole“ (liceu técnico e agrícola) em Ettelbrück.

ofertas de emprego correspondentes
todas as ofertas de emprego correspondentes
artigos correspondentes