Quais são os seus pontos fracos?

2 de Maio de 2019 | Entrevista de trabalho |

Perguntas frequentes nas entrevistas e como responder

Você conhece-as ou, pelo menos, algumas delas: as perguntas mais frequentes em entrevistas de emprego. Mas apenas poucas pessoas sabem a melhor maneira de responder às mesmas.

“Por que é que acha que é a pessoa certa para este trabalho?”, “Quais são os seus pontos fortes?” “Até que ponto lida bem com as críticas?” É este o tipo de perguntas pessoais mais frequentes, ou algo parecido, que os recrutadores mais fazem. Seguem-se algumas sugestões acerca de como se pode preparar melhor para algumas delas:

Diga algo acerca de si!

Dedique a sua resposta a esta questão à sua carreira profissional. Não divulgue dados pessoais, a não ser que lhe seja expressamente solicitado que o faça.

Por que é a pessoa certa para o trabalho?

Aplica-se o seguinte a esta pergunta: mesmo que se sinta quase tentado(a) a fazê-lo, não se compare com outros candidatos, de modo nenhum! Prefira realçar uma necessidade mútua. Sublinhe que precisa do trabalho tanto quanto a empresa precisa de si.

Até que ponto lida bem com situações stressantes? Descreva situações em que, anteriormente, teve que trabalhar sob pressão e como as dominou.

Tem pontos fracos? Se sim, quais?

Claro que deve responder à primeira pergunta com “sim”. Não importa o quão confiante ou talentoso seja, ninguém é perfeito. No entanto, a resposta à segunda parte da questão não deve ser uma lista de todos os seus maus atributos. Em vez disso, tente mostrar ao seu interlocutor, através de respostas engraçadas, que as fraquezas não o(a) afetam profissionalmente. Com respostas como “eu gasto muito tempo de manhã a preocupar-me com as minhas roupas e, portanto, prefiro levantar-me meia hora mais cedo do que o necessário”, por exemplo, demonstra que escolhe a sua roupa de trabalho com muito cuidado.

Por que esteve desempregado(a) durante tanto tempo?

Realce a sua produtividade. Deixe claro ao recrutador que utilizou o tempo livre, por exemplo, para aprender mais, para experimentar coisas diferentes ou apenas para se encontrar. Não lhe dê a sensação de ter estado a “mandriar”.

Até que ponto lida bem com situações stressantes?

Tais questões exigem extrema cautela. Neste caso, descreva situações em que, anteriormente, teve que trabalhar sob pressão e como as dominou. Deixe claro que um certo nível de stress o(a) faz trabalhar a toda a velocidade.

Quais são os seus interesses e passatempos para além do trabalho?

Descreva como passa o seu tempo livre, indique alguns dos seus passatempos e interesses e tente relacioná-los com as suas habilidades profissionais. Qual dos seus passatempos o(a) estimula realmente e conduz a outros pensamentos? Qual deles pode ajudá-lo(a) a otimizar as suas capacidades?

Tem quaisquer questões adicionais?

Sim, tem. Faça perguntas para mostrar interesse no trabalho. Na melhor das hipóteses, já deve ter considerado algumas perguntas com antecedência e, portanto, estas não devem estar relacionadas com o salário que irá receber. Por favor, analise, também, as respectivas respostas e verifique-as. Afinal, irá passar algum tempo na empresa, caso seja contratado(a).

ofertas de emprego correspondentes
todas as ofertas de emprego correspondentes
artigos correspondentes