„O tipo de vestuário indica quem é quem“ – verdade ou mentira?

5 de Julho de 2018 | Entrevista de trabalho |

De que modo é que nos deveríamos vestir aquando de uma entrevista de emprego?

Fato completo e gravata para o homem, saia-casaco para a senhora. Será que hoje em dia nos podemos desviar destas normas clássicas relativas ao vestuário? Sim ou não? Tudo depende do emprego em questão. Relativamente a algumas profissões existem normas de vestuário rígidas, como por exemplo na indústria hoteleira, em gabinetes de advocacia, notários, em bancos, etc. No entanto, podemos nos dar ao luxo de divergir um pouco ao comparecermos com um vestuário com uns discretos tons coloridos. O mais importante é que respeitemos o código de vestuário relativo à profissão. Sobretudo deveríamos de ser autênticos.

Relativamente a cada atividade profissional são válidas normas de vestuário específicas. Uma vendedora de vestuário de moda deveria necessariamente de se vestir de acordo com a tendência da moda. Uma cabeleireira deveria de apresentar um penteado cuidado e criativo de modo a incitar os seus clientes a se decidirem por um penteado novo. É sobretudo importante, que a aparência externa não esteja em contradição com a atividade profissional. Se o candidato não estiver informado sobre o código de vestuário da empresa: como nos devemos comportar antes da entrevista de emprego de modo a não nos apresentarmos de modo inapropriado? É recomendável que nos decidimos por um vestuário que tenha um aspeto neutro, e deveremos de deixar de lado tudo o que for folclore. „Nem todos os dias é dia de casamento”, costumamos dizer. O candidato deveria de se vestir de modo chique e elegante, sem demasiados enfeites. Se exageramos, ao apresentarmos um vestuário extravagante, então, em certas circunstâncias, o interlocutor terá a sensação que não nos mostramos como realmente somos.

Relativamente a algumas profissões existem normas de vestuário rígidas, como por exemplo na indústria hoteleira, em gabinetes de advocacia, notários, em bancos, etc

O que é que é sobretudo importante num vestuário considerado apropriado? Especialmente deveríamos de nos sentir bem. Temos de fazer a distinção entre aparência e o comportamento. Se um fato limitar a liberdade de movimentos por ser demasiado pequeno ou demasiado grande, isso contribuirá para uma má impressão do recrutador durante o diálogo. Se estivermos com calças demasiado apertadas, isso influenciará o comportamento do indivíduo, e depois teremos dificuldade em ocultar a situação constrangedora.

Podemos dizer em jeito de resumo que durante a escolha do vestuário temos que observar sobretudo dois pontos – um vestuário que seja confortável, e um comportamento autêntico do indivíduo. A aparência externa do indivíduo deveria de espelhar a personalidade do candidato. Tentarmos influenciar o comportamento com alguns truques revela-se uma aventura inútil.

ofertas de emprego correspondentes
todas as ofertas de emprego correspondentes
artigos correspondentes