Música: a fonte da motivação

16 de Maio de 2018 | Entrevista de trabalho | Christopher Arimont

Que música é que deveríamos ouvir antes de uma entrevista de emprego?

A música tem uma influência positiva em termos de motivação, em termos de produtividade no trabalho, e em termos de autoconfiança. Uma equipa da Kellogg School of Management colocou a si própria a questão se a música em determinados contextos profissionais teria um efeito motivador, por exemplo aquando de uma entrevista de emprego. Sob a direção do professor de marketing Derek Rucker uma equipa conduziu uma série de testes de modo a determinarem qual o estilo de música que deveríamos escutar antes de uma entrevista de emprego ou uma reunião.

Aquando dos primeiros testes, os candidatos foram fechados num„ laboratório” e tinham que classificar diferentes excertos de música, dependentemente se estes estimulavam a autoconfiança ou um sentimento de otimismo. Com o resultado dos testes, os investigadores concluíram que os excertos de música que mais promoviam os sentimentos de autoconfiança e de energia seriam os mais apropriados.

O que poderia ser considerado uma temática sem especial relevância, pois de certa forma é o resultado de um exame americano de cariz mais ou menos pseudocientífico, revela, contudo, numa abordagem mais precisa, a música que deveríamos ouvir de modo a nos motivarmos antes de uma importante entrevista de emprego.

Os cientistas consideraram que o que era mais relevante, e que eles denominaram excertos de música „motivadores”, ao contrário dos excertos menos “motivadores” era o nível dos tons baixos. Quando mais altos eram os tons baixos, mais eles se encontravam na parte inicial da lista.

A música influencia especialmente – assim se concluiu – a autoconfiança, sobretudo quando tomamos o poder da palavra ou quando temos que iniciar um diálogo. Relativamente às diferenças entre os excertos musicais que deveríamos de escutar, não se considera importante o estilo de música. Os cientistas consideraram que o que era mais relevante, e que eles denominaram excertos de música „motivadores”, ao contrário dos excertos menos “motivadores” era o nível dos tons baixos. Quando mais altos eram os tons baixos, mais eles se encontravam na parte inicial da lista.

Que tipo de música deveríamos escolher? Esta é uma questão que continua a ser bastante subjetiva, e que cada um ou que cada uma tem que responder individualmente. O candidato tem que escolher o excerto de música que mais o „motiva”.

ofertas de emprego correspondentes
todas as ofertas de emprego correspondentes
artigos correspondentes