Como devo negociar o meu salário inicial?

1 de Fevereiro de 2019 | Entrevista de trabalho | Christopher Arimont

A questão do dinheiro é muitas vezes um pouco complicada

Especialmente aqueles que procuram trabalho, às vezes, não sabem o valor correto ou o salário de um emprego. Quero mais, ou é melhor aceitar menos? Negoceio ou aceito a primeira oferta oferecida com medo de piorar as minhas hipóteses de contratação?

Primeiro, deve informar-se acerca do mercado atual. Como são pagas as mesmas posições noutras empresas? Devem comparar-se as empresas do país em que se quer trabalhar. Os países vizinhos, geralmente, têm outros níveis salariais. A experiência pessoal também deve ser tida em conta.

Trata-se de poder viver, confortavelmente, apesar de tudo.

Precisa de considerar, também, os seus custos globais diários. Por exemplo, se mudar para uma nova cidade, os alugueres podem ser diferentes. Se tiver uma criança, os custos também irão subir. Trata-se de poder viver, confortavelmente, apesar de tudo. O pagamento global também entra em jogo: um décimo terceiro mês, cheques de refeição, seguro de saúde, bónus, etc.

Grandes empresas não implicam, necessariamente, um rendimento mais elevado. Nestas, às vezes, já está tudo consolidado e tudo permanece muito rígido. Pode haver pouco espaço para negociação. Em empresas mais pequenas, alguns benefícios podem ser melhor negociados. Aqui poderá mesmo apresentar as suas próprias ideias que o chefe não tenha considerado de imediato.

Finalmente, é útil falar a mesma língua que a pessoa que está sentada à nossa frente. Eu falo em líquido, mas o gerente de RH fala em bruto?

“Eu falo em líquido, mas o gerente de RH fala em bruto? ”

Nós entendemo-nos acerca dos acordos individuais? Em todo o caso, é importante falar sobre isso para evitar surpresas.

ofertas de emprego correspondentes
todas as ofertas de emprego correspondentes
artigos correspondentes