Sete de uma vez - Renovar o currículo

9 de Maio de 2018 | CV | Christopher Arimont

Será altura de renovar o currículo se estes pontos se aplicarem:

Muitas coisas só se desenvolvem com o tempo. Quando aplicado a um currículo, este deverá ser regularmente atualizado. Para isso, existem pontos de orientação com os quais identificará se a atualização é necessária:

o currículo não foi atualizado durante muito tempo. Mesmo estando a trabalhar é recomendável atualizar o currículo com formações ou experiências profissionais. Ou então eliminar o que não é relevante. Assim, mantém uma vista geral bem clara.

Um exagero de quadros, linhas, cores e imagens perturba a legibilidade. Principalmente no início se pretende um currículo bonito. (Imagens, histórico…). Pode existir uma tendência para o exagero. Menos é sempre mais.

O currículo é muito extenso ou até muito sucinto. Cada acrescento conduz a um aumento, a retirada de elementos tem o efeito contrário. É importante manter um limite razoável. Uma página é perfeito.

Se o telefone não toca, a razão poderá ser a estrutura do currículo. Pode acontecer que o currículo não corresponda à oferta de emprego ou à linguagem da área. Pequenas alterações, como por exemplo a alteração de designações ou de cargos poderá ajudar.

A lógica de um currículo não é imediatamente visível. Não tendo um percurso linear, é importante encontrar o fio condutor. Todavia, um currículo atípico também poderá despertar interesse, mas terá que ser bem explicado.

Ou então a forma do currículo está incorreta. A prioridade deve residir na legibilidade, a estrutura deve estar correta. É recomendado apresentar as etapas de forma não cronológica: o último emprego, a última experiência deverá aparecer em primeiro na listagem.

Eventualmente o currículo é muito criativo. Ou não o suficiente. Como tudo, também aqui depende da posição que quer alcançar. A mistura correta é decisiva.

ofertas de emprego correspondentes
todas as ofertas de emprego correspondentes
artigos correspondentes